04 setembro 2011

Record of Agarest War Zero

Ontem eu finalmente arrumei um tempo pra finalizar o jogo e ver o final verdadeiro. Eu também só tive inspiração depois de ver um episódio aleatório de Yuruyuri no qual uma das personagens passa por um "dilema" com a amiga na qual elas estão conversando sobre RPGs e uma fica questionando se vale a pena sofrer pra enfrentar um chefe que tá vindo com seus personagens estando em nível baixo ou se é melhor ficar ganhando níveis e passar dos chefes sem nenhuma dificuldade.



Independente do tipo de pessoa que você é, no Agarest Zero isso não adianta já que mesmo em algumas situações você estando 10-20 níveis acima de um chefe ele pode matar você e o seu grupo inteiro em um ataque e você ficar com cara de nada olhando para a TV.

Mas voltando ao jogo, ele é um jogo de estratégia nos moldes de Final Fantasy Tactics e todos esses outros jogos que todo mundo conhece. O que diferencia mais esse é o fator japonês de poder se casar e jogar com seus filhos (tá, Phantasy Star III já havia feito isso mas o jogo é horrível!) e seus filhos pegarem novas mulheres e dar... continuidade a sua linhagem eternamente, e por eternamente você entende que são duas gerações.

A história se foca em guerras entre as forças da luz e da escuridão e tudo aquilo que a galera já conhece, mas tem umas mudanças interessantes durante o passar do tempo e se alguém jogou o primeiro jogo da série vai ver várias caras conhecidas e entender porque alguns são de uma maneira ou outra no jogo anterior que na verdade se passa depois desse.



As CGs eu até hoje não sei se amo ou se amo-porém-começo-a-rir já que elas são bonitas mas tem algumas, geralmente a com as mulheres semi-nuas, em que o desenhista parece desconhecer anatomia humana e fazer umas poses estranhas e braços e pés que você quer ficar excitado mas não consegue parar de olhar para alguma parte bizarra da persnagem.

Mas quem liga pra isso tudo quando no jogo se tem uma cena linda e maravilhosa como essa abaixo:



Decimal e Shernini são amor!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails