13 maio 2011

Survive Style 5+

Talvez um dos melhores filmes que eu vi essa ano, ao lado de Insidious, que eu vou falar em outro post.

Como o título diz, é um filme que conta diversas histórias que não tem relação alguma, isso até perto do meio do filme quando as histórias vão se juntando e você vai ficando cada vez mais... confuso!

Sim, o filme é tão estranho e com histórias tão bizarras que você não sabe se o filme está se juntando conforme ele vai passando ou se as coisas estão ficando cada vez mais separadas e sem sentido.

Entre as estórias, temos uma família tipicamente japa, com marido, esposa e dois filho e com problemas de dinheiro mas que o pai acaba ganhando ingressos para que eles possam assistir a um famoso hipnotizador, e lá vão eles no carrinho compacto e no meio da apresentação o pai acaba sendo escolhido pra servir de cobaia. E o pai ganhará 1 milhão de Yen caso consiga resistir a hipnoze. O problema é que ele não resiste e pra melhorar as coisas, o hipnotizador acaba morrendo em frente a platéia.

Não é o bastante? Que tal uma produtora de comerciais que é tão obcecada com o trabalho, que tudo quanto é lugar ela vê uma idéia nova. Até ai tudo bem, o problema é que todas as idéias dela são de extremo mau gosto. Todas tem como base ou sexo ou coisas nojentas como defecar pela boca, pessoas sem cérebro ou pessoas com duas caras.

Todas as histórias a princípio são bem sem graça, com a exceção da que um jovem casal começa a se matar, e por mais que o marido mate a sua esposa e a enterre. Sempre que ele volta pra casa ela está viva e esperando ele pra mais uma luta de vida ou morte. Com direito a braços foguetes e coisas bizarras usando relógios.



O filme é mais do que recomendado, é meio chatinho de achar mas vale a pena a busca. E a coisa mais "tosca" no filme é tocar "I Will Survive" no final do filme. Faltou só a mãozinha falando /saca.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails