17 fevereiro 2011

Love Exposure

Eu nem ia falar ou dar muita chance a esse filma, mas a Sami me pertubou tanto para vê-lo que eu resolvi arriscar, e nossa, que filme bizarro! Tá, por ele ser japonês ele automaticamente já era pra ser meio estranho, mas o Love Exposure consegue superar várias e várias barreiras nesse mundo.

Eu devido ao meu grave problemas com nomes, não vou citar o nome de ninguém, mas se esforcem pra entender como é o filme. E se não entenderem, a culpa é do filme e não minha.


Basicamente a história do filme gira em torno de um garoto, que tem um pai que é padre e um dia o pai dele se apaixona por uma mulher meio maluca e todos começam a morar juntos. Tudo estaria feliz se um dia subitamente a mulher não sumisse e o pai ficasse maluco. Com isso ele começa a obrigar o próprio filho a confessar todo e qualquer tipo de pecado, o problema é, o garoto não peca. E com isso ele começa a ser diariamente surrado pelo próprio pai.


Um dia o garoto conhece 3 delinquentes e os caras levam o garoto a uma igreja para que ele seja treinado e assim consiga atingir a luz. O "problema" da igreja é que ela só tem tarados e todos treinam na arte de tirar panty shots. Seja usando golpes de Kung-Fu, seja usando Nunchako ou carrinhos de controle remoto, o negócio é tirar fotos de calcinha.


Com o tempo o garoto se torna um mestre na arte de tirar fotos e começa a ficar entediado por não conseguir ficar excitado com o que ele faz, mas um dia após ele perder a aposta de melhor foto da semana, ele sendo obrigado a se travestir de mulher encontra a garota da sua vida e se apaixona por ela. E ela por ele.


O problema é que a garota se apaixona pela versão mulher dele, e para piorar a situação a mulher do início reaparece e volta a morar com o pai do garoto.... e ela trás de bônus uma menina, exatamente, a mesma que é apaixonada pelo garoto versão mulher.

Sério, eu falei que esse filme é doentio!

E é essa a base do filme, e detalhe que ainda tem muito mais nas quase 4 horas de filme.

Eu recomendo o filme pra quem está cansado de coisas meio padrão que sempre tem saído ultimamente, é algo bizarro mas tem seus momentos engraçados e ecchi e lógico, uma boa cena de litros de sangue voando.

O final do filme é bem legal e fecha bem todas as doideras que acontecem depois do meio do filme e apesar de ser um final que te deixa meio triste por ser muito rápido ainda assim dá pra dar aquele sentimento de satisfação.

2 comentários:

Sami disse...

Esse filme pode ser uma das coisas mais bizarras ever, mas eu recomendo com gosto! =D
As obras desse cara são espetaculares!

PS: Por exemplo, essa é a história do Yagi.

Anônimo disse...

Por que deletou meu comentário? Só perguntei aonde baixou o filme.
Ô, coisa...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails