03 junho 2010

Evangelion 2.22 You Can (Not) Advance

Antes de mais nada eu quero avisar que o post pode ter algum tipo de spoiler, mas eu vou me esforçar ao máximo pra que não tenha nenhum e que não estrague a graça de quem ainda não viu o filme mas quer saber mais ou menos o que acontece.



Eu não sabia muito se eu deveria estar assistindo a esse filme já que eu nunca gostei muito do Evangelion e tirando a Asuka eu nunca vi muito motivo pra continuar gostando, mas agora eu gosto um pouco mais da série, ainda mais que agora eu posso gostar da Asuka e da Makinami Mari.

Mas voltando ao filme, eu acho que -e aqui eu vou me citar com o que eu disse quando acabou o filme-: "se a série toda tivesse sido assim eu iria adorar o anime!"

O filme tem de tudo um pouco, comédia, ação -boa ação-, música perfeita, Asuka e drama na medida certa, não é aquela coisa depressiva extremamente centrada no Shinji. Que por falar nele, ele subiu algumas posições no meu conceito ou ele apenas entrou no meu conceito de personagens que eu um dia lembrarei e não irão cair no esquecimento. Ele continua meio esquizito mas pelo menos agora dá pra ver bem mais a personalidade dele e também dá pra entender um pouco melhor o porque dele ser fresco.

Os personagens secundários são legais, em destaque pra Misato como sempre. Ela é foda e sempre será. E eu também considero a Makinami Mari como uma das secundárias, mas pela quantidade de arte que existe sobre ela eu pensei que ela teria um tempo bem maior no filma, e honestamente eu fiquei bem decepcionado com a partipação dela no filme, não que tenha sido ruim, mas eu espera pelo menos muito mais.

A Asuka proporciona as cenas mais legais, além de nudez censurada gratuita. Ela é a persongem que acaba tendo tanto ou até mais tempo na tela do que o Shinji, o que prova que ela é foda, mas depois de ver no filme a roupa nova eu ainda considero a original bem melhor sem sombra de dúvidas.

E a Rei... continua sendo a Rei só que agora mais humana e cozinhando.

E o filme, a história continua igual com os Evas lutando contras os Anjos e o Gendou sendo um cara que só consegue pensar nele ou no máximo nele mesmo e eu sinceramente não sei se eu gosto dele ou se eu quero tacar uma faca nele, mas até eu decidir eu continuo achando ele babaca por motivos que eu consigo entender o porque.

Basicamente o filme é isso, uma sessão nostalgia mas com uma qualidade absurda, personagens que você via de uma maneira mas que estão bem melhores e cenas de lutas que vão fazer você voltar as memas pelo menos umas duas ou três vezes pra revê-las.

Quem me conhece sabe que eu estou longe de ser fã da série, mas até eu tenho que dar o braço a torcer por causa desse filme. É uma bela experiência e faz realmente jus ao ser o Blu-Ray mais vendido atualmente no Japão.

2 comentários:

Yohan disse...

Na minha opnião, esses filmes novos de Evangelion vieram mostrar que um título pode amadurecer e que é possível reinventar uma franquia respeitando os fãs. Personagens revitalizados, cenas clássicas refeitas, cenas clássicas readaptadas, conceitos inovadores, trilha fantástica e animação excelente. Melhor obra de entretenimento que vi nos últimos tempos.

Anônimo disse...

É esquiSito. De nada.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails