22 outubro 2008

Entendendo o Japão #8 Mimi

Perdão pela falta de atualizações nessa série, mas é que como vocês já devem saber conforme o tempo vai passando os assuntos vão se reduzindo e eu preciso dar um tempinho para conseguir bolar um texto maior do que duas linhas para os assuntos menos secretos.


Mas vamos deixar a bobeira de lado e partir para a pequena aula sobre variações de Mimi (耳) que são, como todos já devem saber, orelhas. Mas não orelhas humanas já que isso é comum demais, mas sim pessoas com orelhas de outros animais, geralmente gatos e os menos populares, raposa, cachorro e coelho.

Esse tipo de fetiche é algo que consegue fazer uma imagem que a primeira vista é simples e sem graça, mas que com a simples adição de algum desses tipos de orelha consegue fazer a imagem ficar totalmente moe.


E quem não conhece a música mais chata de todos os tempos, a Neko Mimi Mode do Tsukuyomi. É uma das músicas mais irritantes que eu já ouvi na vida, mas que por algum motivo eu sempre ouvia na abertura do anime e sem contar quando saiu a versão full que eram incríveis 4 minutos de repetição... e eu conheci gente que adorava a música.



Esse tipo de “acessório” acabou se tornando bastante popular entre os fãs, tanto que muitas pessoas usam tipos variados de Mimi em eventos e alguns ainda consideram isso como cosplay, já que se algum personagem pode ganhar orelhas por alguns segundos as pessoas também se acham nesse direito. E só pra saber, usar algum tipo de orelhinha é considerado uma forma de cosplay ou não?

Outro ponto que deve-se lembrar é que dependendo do tipo de orelha que um personagem possui você pode saber mais sobre a personalidade que ele possui. Como algumas personagens ganham nekomimi para demonstrar “inocência” e tanukimimi para quando a pessoa é do tipo que gosta de enganar os outros.


Os personagens masculinos geralmente acabam sendo retratados na sua maioria com inumimi já que isso representa força e o espírito solitário (solidão?) dos personagens homens. Claro que existem exceções, mas são poucos os casos, como o do Loveless no qual o Ritsuka tem nekomimi para representar que ele é o Uke da relação, mesmo querendo ser agressivo algumas vezes.


A parte do Loveless acima foi apenas invenção, meninas (e meninos?) fãs podem ficar a vontade para criticar e mostrar o quanto eu não sei nada de yaoi.


Com isso chegamos ao fim dessa pequena ,porém visualmente estimulante, aula. Espero que todos tenham salvo boa parte das imagens e que façam bom proveito delas no futuro. Eu irei dar uma pesquisada em outros temas e prometo tentar trazer algo interessante para o próximo post sobre as coisas do nosso querido planeta Japão.

6 comentários:

nanda disse...

uuh, não sabia dessa personalidade dependendo do tipo de orelhinhas que é usado. Post interessante, adoro essas ''aulas'' *-*

Gabe~ disse...

Eu não acho que é um tipo de cosplay. xD
E mesmo não gostando de yaoi e não tendo visto Loveless, eu concordo cntg no comentário sobre o anime.

Akira disse...

Aqui na minha cidade (Mga-Pr), a moda mimi simplesmente explodiu!! Não sei porque, não sei exatamente quando começou, mas aconteceu.
Quem não tem uma mimi, tem uma toquinha com mimi. As pessoas usam elas em eventos, encontros cosplay, ou simplesmente quando combinar de usufluir desse artificio incomum.
Claro, eu também não fiquei de fora e comprei uma toquinha do Pyong ('^-^).
Agora, não é dificil entender o porque disso ter acontecido. Para ser sincero, eu não tinha pensado nos personagens que ganham mimi em algumas cenas, ou na personalidade que elas tendem a representar. Mas é um ótimo ponto a se considerar.
Mas afinal, para que colocar acessórios tão espalhafatosos na cabeça (e as vezes ainda acompanhados de caudas xD)?
Realmente, ainda não sei responder com palavras. Mas tente você usar uma dessas no meio de um grupo que também esteja usando. Surpreendente ver como a brincadeira não se torna chata. E se você soube representa a personalidade que a mimi indica... Parabens, você acaba de ganha uma tarde de brincadeiras!! xD

Pato Supersônico disse...

No anime "Genshiken" há um comentário sobre isso.

O Madarame (um otaku hardcore) refere-se ao Mimi como um acessório que permite fazer cosplay usando roupas comuns. Isso porque muitos personagens Mimi usam roupas comuns, e é o Mimi que dá o ar exótico.

Então, pela forma de como ele falava, ele considerava isso um cosplay, e eu também penso assim, já que, mesmo sendo apenas um acessório, não deixa de ser uma fantasia.

Kenji disse...

Mimi é quase como EGL ou Whatever Lolithas que vc vê por aí, só que mais simples. Em vez de ser uma saia, ou uma roupa diferente, você ta usando o cosplay de uma moda de "acessorio" ao invez de um vestuário inteiro.Eu considero cosplay sim, mas mais no rank de "cospobre" que cosplay em si XD

De toda forma eu devo ser o unico 'otaku' q nao sente o minimo espirito "moe" da coisa nessas orelhas

Sakinho disse...

Achei um site legal com muitos mimis. É uma galeria tematizada que começou em janeiro de 2008 e vai adicionado uma foto boa todo dia, então até agora tem umas 300 =D

Para quem quiser: http://kemonomimi.pipefox.org/

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails