30 novembro 2007

Cosplay Entrevista: Fernanda Cristina

Bem, o projeto que eu pensei que seria só algo sem continuidade, acabou que rendeu frutos e aqui está a primeira vítim...digo, entrevistada. Espero que gostem e assim que possível, teremos outras candidatas e candidados (eca homem! LOL.) sendo entrevistados pelo dono retardado do blog.

1) Nome? E é conhecida por algum nick?
Fernanda Cristina. Sim, Merveilles, Mervy ou um novo que eu sou mais conhecida atualmente: Hachi! hehehe.

2) Idade? Se quiser, meninas não precisam responder ou podem mentir.
Eu tenho 17 anos (flor da idade hahahaha)

3) Estado?
Amazonas

4) Estuda? Trabalha? Faculdade?
Estou encerrando o 3º ano do ensino médio!

5) Como surgiu a idéia de ser cosplayer?
Eu desde criança sempre tive aquele desejo de me vestir igual ao meu personagem predileto dos desenhos, foi assim que então resolvi me tornar uma cosplayer.

6) Primeiro cosplay que fez?
Mana da banda de J-rock malice mizer clipe: beast of Blood

7) Qual o próximo que você gostaria de fazer?
Jessie da Equipe Rocket do anime Pokemon, até tenho um James me aguardando, aguardem *-*

8) Você se preocupa com os preços na hora de montar, ou é "tudo em nome da fidelidade" não importando o preço?
O preço importa sim, eu pesquiso bastante antes de gastar!

9) Alguns dos cosplays que você fez, se arrepende de algum? Ou pensa que poderia ter melhorado aquele cosplay que teve que ser feito meio que às pressas?
Eu penso que o meu Shuichi precisa ainda de alguns ajustes, estou pensando em melhorá-lo para usá-lo novamente ^^

10) O que a família e seus amigos "normais" acham de você fazer cosplay?
Minha familía me apoia principalmente meu pai que dá toda a grana pra tudo e meus amigos adoram e ficam perguntando o próximo que eu irei fazer, é muito divertido.

11) Cite 5 animes ou mangás favoritos.
Nana, Angel Sanctuary, Rurouni Kenshin, Ranma 1/2, Tenchi Muyo.

12) Tem algum cosplayer que seja seu favorito? Nacional ou Internacional. Se sim, por quê?
Yuki Le Fay, ela é linda, perfeita, desde que à descobri por um acaso no fotolog virei uma eterna fã dela.

13) Além de animes, o que você faz para passar o tempo?
Gosto de ver filmes, sair com os amigos e papear aqui na internet

14) Para os milhões de fãs que vão ler isso aqui, está solteira(o)? E se estiver namorando, seu namorado(a) faz cosplay também?
Não, não, estou namorando sim ^^, ele faz cosplay e eu dou o maior apoio!

15) O que levou você a se candidatar para ser entrevistada por o dono retardado desse blog?
Nah o dono do blog não é retardado não! xP E eu na verdade me sinto honrada em aparecer aqui, nunca fui entrevistada em coisas desse tipo, então achei que seria uma boa. Espero que tenham gostado ;__;

-


Nana "Hachi" Komatsu do NANA

Mana do Malice Mizer

Mana do Malice Mizer

Rinoa Heartilly do Final Fantasy VIII
Shuichi Shindou do Gravitation

-

Qualquer comentário será bem-vindo, mas se tiver algo ofensivo vai ser deletado, sem piedade.

Alguns números

Ontem a noite eu instalei a toolbar do Alexa no Firefox para ver como é engraçado saber a posição dos websites baseado nos ranks deles, que até onde eu sei são bem confiáveis.

E esse querido site está na o Top 1000 bilhão do mundo. E eu não estou mentido, antes estivesse. Segundo o alexa, o tsundere está na posição 1,997,551 no mundo. Eu sei que é um número absurdo, mas o que me impressionou foi o rank no brasileiro. A posição atual do blog é a de 73,795 o que me impressionou demais. Sei que ainda é um número grande, mas se você pensar a quantidade de sites que existem por ai e são criados diariamente, pra mim foi uma conquista e tanto.

E com isso em mente eu espero, se tudo continuar bem assim, eu espero tentar melhorar a posição para pelo menos entre os 60 mil melhores ou quem sabe algo abaixo disso. Eu só posso agradecer à todos os que visitam e comentam aqui e acreditem ou não eu estou sempre pensando numa forma de melhorar o blog.

Lembrete: Anime Family 2007

Bem, só pra lembrar que semana que vem tem o Anime Family 2007 aqui no Rio de Janeiro, e o motivo principal de eu postar essa joça aqui é que esse provavelmente vai ser o que marcará a minha volta aos eventos de anime...se a situação no lugar não me agradar eu volto a só massacrar os eventos daqui.

Eu irei somente no dia 9 (Domingo), então se alguém for e quiser conhecer o dono desse blog, esteja a vontade de deixar uma menssagem.

E a grande estrela vai ser o Wada Kouji...é, aquele mesmo que cantava as músicas do Digimon.

Local: Universidade Gama Filho - Campus Piedade
Data: 08 e 09 de dezembro de 2007
Endereço: Rua Manuel Vitorino, 533 - Piedade - Rio de Janeiro (RJ)
Próximo da estação de trem Piedade (linha do “Engenhão”)
Preço: R$ 10,00 (antecipado e caravanas) e R$ 13,00 (na porta)
Local: Universidade Gama Filho - Campus Piedade
Site Oficial

29 novembro 2007

Nana Mizuki - Great Activity


Fazia tempo que eu não fazia review de algum álbum em Português. E depois de ter sido surpreendido com a primeira faixa desse cd, eu decidi tentar dar uma de crítico musical e falar um pouco sobre o último cd da Nana Mizuki.

Se fosse para descrever o Great Activity com apenas uma palavra seria montanha-russa. A primeira faixa como eu já disse ai acima é incrível, mostra que a Nana Mizuki pode realmente fazer uma faixa de rock sem perder as suas tiradas de vocal que honestamente eu só fui conhecer na época do Mahou Shoujo Lyrical Nanoha. Bring it on! é pesada e extremamente cativante, tanto que a primeira coisa que eu fiz ao terminar de ouvir a música foi dar uma buscada no youtube para ver se tinha algum PV da música...mas não tinha.

E lembra que eu disse que esse cd é uma montanha-russa? Por mais que a segunda faixa "Orchestral Fantasia" ainda tenha um pouco do ritmo da primeira faixa, você já nota que o ritmo caiu drasticamente e quando chega-se na "Promise on Christmas" você se pergunta se ainda está ouvindo o mesmo cd. Claro que as faixas são boas, mas a mudança é tão exagerada que eu estranhei bastante na primeira vez que estava ouvindo o cd.

Apesar das próximas faixas serem boas, nenhuma tem grande destaque até chegarmos a faixa 8 "Seven". Não só a faixa vem para tirar um pouco da melancolia das faixas interiores, como também o instrumental é extremamente cativante, ainda mais quando se tem um fraco por violinos. A faixa seguinte "Aoi Iro" é juntamente com a primeira a minha faixa preferida, eu não sei explicar direito o porque eu gosto tanto dessa faixa, talvez seja o refrão que é cativante.

E para finalizar "Sing Forever" fecha com chave de ouro esse cd, uma música calma e relaxante que prepara seus ouvidos novamente para mais uma repetição depois de ouvir as quinze faixas do cd.


Antes que perguntem porque eu se quer mencionei a "Secret Ambition" eu explico. É pelo simples fato dessa música ser extremamente conhecida, mas para os que não sabem de onde é, é a OP do Nanoha StrikerS.

Eu sei que esse cd está longe de ser perfeito, mas nesse quantidade de músicas ajuda. Por mais que na minha opinião só tenham duas músicas realmente boas, as outras treze são decentes e boas de ouvir por um bom tempo, ainda mais que a voz da Nana Mizuki está longe de ser chata ou ruim o que ajuda a prolongar o tempo que você irá ouvir o cd. E se isso ajuda, o encarte vem com bastante fotos (as que ilustraram esse post e várias outras) da Nana Mizuki.

28 novembro 2007

Hachune Miku Nendroid

Eu acabei de ver isso e fiquei apaixonado, não só a cara dela está idêntica ao vídeo que fizeram mas ainda tem o bônus de poder trocar a cabeça e usar com outras caras engraçadas.

Se não fosse tão cara eu definitivamente compraria. Mais fotos noAkiba Hobby

Alguém ainda lê?

Eu estava com esse título na cabeça a algum tempo, mas sempre esquecia de escrever sobre. Então hoje eu lembrei e decidi levantar essa pequena questão. Mesmo tendo certeza absoluta de qual será a resposta de todos.

A alguns anos a Internet se popularizou e mesmo quem não tem muita condição pode ler notícias e tudo mais pelo PC e ficar sabendo das últimas novidades quase que instântaneamente e enquanto isso as revistas com sua periodicidade (sp?) mensal e seus preços altos não tem como competir. Claro que revistas tem suas vantagens mas não tem como disputar com as notícias on-line.

Eu particularmente não compro mais revistas, antigamente eu era um colecionador de revista de games mas com o tempo e o preço eu fui abandonando e hoje em dia eu leio só se estiver em alguma banca esperando alguém ou algo do tipo, não tem como pagar 10 reais numa revista que eu terminaria de ler em 1 hora. Isso nas revistas com bastante texto, se fosse um SuperGame Power (ela ainda existe?) você troca o 1H por 1 minuto, já que as últimas edições eram algo tipo 3 páginas de matéria e 40 páginas de detonado.

Daí eu queria saber se alguém compra algum tipo de revista ainda, eu só citei revista de jogos porque era o que eu colecionava, mas se alguém ainda compra algum revista de qualquer tipo, eu gostaria de saber o porque.

26 novembro 2007

Tigercast 0.5

Saiu a segunda parte do primeiro podcast que eu tenho o prazer de participar (e atrapalhar). A discussão ainda é a mesma do primeiro.

Para os interessados, é só clicar aqui. Lá tem a opção para download direto ou stream, fica à escolha do freguês. Depois falem o que acharam e críticas e sugestões são sempre bem vindas.

Foto ou Desenho?

Seguindo o post do Sketchbook, eu tive essa idéa na mesma hora que tive a idéia sober fazer o post sobre o anime, lá pelas 4h da manhã com a minha insônia. A idéia era saber o que era melhor para retratar uma imagem.

Sei que são coisas completamente diferentes, mas ambas tem seu valor. Para uns o desenho tem muito da pessoa que fez o desenho, seus sentimentos e seu toque pessoal e estilo; enquanto a foto é algo mais automático, mas também tem a maneira que você bate a foto, sem contar que na foto você consegue capturar aquele exato momento que você viu, enquanto no desenho você por demorar mais pode acabar perdendo a imagem que inicialmente você tinha na mente.

VS


Então eu queria saber de todos os leitores (quase uma pessoa), a sua opnião. O que é melhor para captar uma imagem bonita. Uma foto ou um desenho?

Sketchbook ~full color'S~

Talvez um dos melhores animes dessa temporada que está bem fraca, mas juntamente com Clannad e Minami-ke, esse é um dos animes que eu mais tenho prazer de assistir. É um daqueles animes que assim que acaba o download (ZOMG PIRATE HAR!) eu já abro o vídeo e durante 25 minutos eu esqueço da vida e fico com um sorriso bobo no rosto.

Esse tipo de anime é raro, mas recentemente esse tipo de anime vem timidamente ganhando popularidade, animes sobre o dia-a-dia, com pequenos toques de delicadeza e inocência. Acompanhar a tímida Sora no seus dias e sua paixão por gatos e desenhos é algo que mesmo sendo bobo eu sinto uma satisfação enorme em assistir.




Como eu mencionei esse tipo de anime vem ganhando mais espaço, é só lembrar do sucesso que ARIA fez, com duas séries e um OVA e supostamente uma terceira série vindo, isso que a série não tem nada demais, mas a maneira que ela é contata que consegue atrair o público. E Sketchbook segue o mesmo caminho.




Atualmente com sete episódios legendados (em inglês), eu espero que a série continue com esse ritmo e que dure uns bons 231 episódios (o porque desse número...eu não faço idéia). A história do anime é tão simples que chega a ser boba.




A protagonista KajiwaraSora é uma menina tímida que faz parte do clube de desenho. Ela não consegue se relacionar com as pessoas e por isso mesmo, raramente fala com elas. Apesar disso ela adora as pessoas do clube. Ela também tem uma paixão por gatos de qualquer tipo, e sempre que ela tem a chance ou ela desenha ou tenta fazer carinho, não importando o tamanho ou a cor.




Sim basicamente é essa a história, um pouco depois a série também começa a aprensentar eventualmente o mundo dos gatos e os hábitos deles, o que é um tanto engraçado.




Acho que é isso, eu já estava pra fazer um post sobre o anime a um tempo, mas sempre ficava enrolando e depois de ver o episódio ontem eu criei coragem para escrever um resuminho e acho que ficou minimamente bom. Se alguém estiver assistindo a série, por favor comente o que está achando.

24 novembro 2007

Mini-Photoshoot Fate/stay night Gashapons

Bem, eu queria fazer uns testes com a câmera, então eu peguei os gashapons que só estavam acumulando poeira aqui (as fotos provam isso) e resolvi testar algumas configurações.


Resultado, um monte de imagem fora de foco. É complicado acertar o foco e a distância em certos ângulos, sem contar que pra eu ter uma visão boa eu tinha que ficar me arrastando no chão.

Eu poderia até colar a câmera no chão e sair apertando o botão igual louco e depois ver se tinha saido alguma foto que prestasse...eu cheguei a fazer isso mas todas as fotos sairam ruins. Por isso que eu já estava evitando fotografar gashapon.


Mas no final eu ainda consegui essa meia dúzia de fotos e resolvi postar aqui. E com isso eu admito que é muito mais fácil fotografar figures do que gashapons. Eu pretendo mais pra frente refazer o photoshoot que eu fiz com a Saber. Já que na época eu mal sabia as funções da câmera, então esperem por algo bem melhor qualquer hora.

P.S.: As imagens utilizadas não são as originais, eu dei uma reduzida no tamanho e blábláblá.

Mop Girl #01

Acabei de assistir ao primeiro episódio da série, depois de ter lido sobre ela no site do danny choo. A história é boa e o ritmo do episódio foi bem interessante e se o resto da série for assim eu irei continuar assistindo com absoluta certeza.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

A história é mais ou menos assim. Hasegawa Momoko (Kitagawa Keiko) é uma trabalhadora que por mais que tente ajudar as pessoas sempre faz alguma trapalhada e acaba se dando mal. Depois de arruinar um aniversário, ela é transferida para uma agência onde ela é obrigada a cuidar da limpeza dos locais de acidentes ou coisas do tipo e também tem que cuidar dos funeráis das pessoas.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Mas graças a um evento que aconteceu na sua infância ela acaba tendo o poder de voltar no tempo ao tocar no objeto que a pessoa morta mais apreciava na hora da morte. Claro que a princípio ela não sabe disso e muito menos acredita no que aconteceu, mas com isso ela pode evitar que as pessoas tomem o caminho errado e morram.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Apesar da história não muito original, vale a pena ver. Tem bastante comédia apesar de tratar de um assunto delicado como a morte. Para os que não tem muito o que assistir, ou apenas querem adicionar algo a mais na lista de coisas boas para ver, eu recomendo.

23 novembro 2007

Ys Origin Review?

Ys Origin é o mais recente (2006) jogo da série da empresa Nihon Falcom, esse jogo é um pouco diferente dos outros jogos da série por ser um dungeon crawler e não contar com o personagem principal (pelo menos no início) de todos os outros jogos, Adol Christian.



A história do jogo se passa 1000 anos antes do primeiro Ys e as duas deusas Feena e Rea ainda estão vivas e em sua primeira encarnação. Você pode escolher dois personagens distintos para salvar a vida das deusas.



Yunica é a jovem que é especializada em combate corpo-a-corpo, usando seu machado ela porra tudo o que vem pela frente. Ou caso você prefira um personagem mais técnico (técnico é o termo para roubado e/ou ruim), temos o Yugo (ou Hugo, como queiram), um mago que usa duas esferas metálicas para desparar lasers nos oponentes. Ainda há mais dois personagens secretos, mas não vale a pena revelar, mesmo porque eu não liberei.



O jogo é bem simples, existindo alguns poucos lugares em que você fica sem saber o que fazer, mas nada que se você prestar atenção ao que aconteceu nas cut-scenes não ajude. E o esquema do jogo é sempre o mesmo. Ache a medalha, abra a porta, procure pela chave e enfrente o chefe.



Seguinto o esquema do último Ys, Ys Oath in Felghana, aqui o sistema de ganhar mais XP e outros atributos enquanto faz combo está de volta assim como as outras skills, como boost e pulo-duplo. A novidade fica por conta das três magias, cada personagem com magias bem diferentes uns dos outros e um ataque especial usando o boost gauge. Também foi adicionado um golpe especial que você reduz a defesa dos inimigos.



Gráficamente o jogo usa a mesma engine dos últimos jogos e roda sem maiores problemas, os sprites são bonitos e bem animados. Não tem tanto detalhamento nos personagens principais, mas nos de suporte o nível é bem melhor. As cenas em CG fazem seu papel, mas não tem nada demais, mas são legais de se assistir.

Uma das coisas novas no jogo, já que ele é um dungeon crawler, é uma espécie de loja que você pode acessar de qualquer save point, você conforme coleta os cristais que os inimigos deixam no chão você pode troca-los por upgrades de armaduras ou por melhorias em magias ou duração de atributos.

A dificuldade do jogo varia do quanto você evolui, o jogo segue a linha old school, então se você está tendo dificuldades com algum chefe, ganhe um ou dois níveis e você irá passar com certa facilidade pelo mesmo, claro que existe um pouco de estratégia para entender o padrão de movimento e ataques dos chefes, mas nada muito difícil.

Para concluir, o único ponto ruim do jogo é ainda não ter um patch com o jogo traduzido, o que faz um pouco da diversão do jogo se perder, mas nada que atrapalhe. Se tiverem a chance de experimentar, eu garanto que não vão se arrepender, é um jogo curto e agradável.

Mika Orihara

Bem, fazia um tempinho que eu não postava alguma Idol, então acho que nada melhor do que algo sem conteúdo e puramente visual numa Sexta-Feira. Eu não consegui muitas informações sobre ela, então se algo estiver errado, por favor podem consertar.

Nome: Mika Orihara (折原美香)
Nascimento: 28/11/1983
Altura: 1,59cm
Busto: 79cm
Cintura: 55cm
Quadril: 81cm
Hobbys: Karaokê, Tennis e Badminton







Um vídeozinho também não é ruim de vez em quando.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails